De Zewebb para de Gaia...

De Zewebb para de Gaia...

De algumas frases para muitas fases de vida…

“Zewebb” foi incorporado no tempo certo – embora “certo” seja na realidade da vida, uma medida relativa.
Sonhei com este sobrenome em um passado já distante e com “ela”, escrevi uma nova história ao meu histórico de vida. Com ela, "eu" - pronome pessoal do caso reto - também aprendi, acertei, errei, escrevi, editei, revisei e muito fluí…
Até que acordei para o presente do momento e notei que não necessito de sobrenome algum para identificar-me. Os outros precisam do meu nome para chamar-me; eu preciso somente saber de onde venho e para onde posso me levar…
E sei que venho daqui, deste planeta: Gaia, um lugar mágico por suas contradições e rico em sua diversidade, natureza e o qual apenas emprestamos habitação.
E’ desta perspectiva que, como Carolina, eu olho para cima e enxergo as estrelas e outros corpos estelares durante a noite e é daqui também que finco os pés no chão e desempenho a minha nova caminhada como Carolina... de Gaia.
E assim vou vivendo, mesmo que algumas vezes sem lenço, mas sempre com um único documento e este fica bem guardado, a oito chaves se preciso for!
Tudo bem, tudo bom.
Explicado.
Ponto final.

 

 

  • Autores e suas manias...

    Autores e suas manias...

    Como bom leitor, vale a pena ler um pouco sobre os seus escritores prediletos...

    LEIA MAIS